Notícias

Out 31, 2016

ABRADT no Instagram

Não basta pesquisar – é preciso estar atento às tendências. E é por isso mesmo que hoje aumentamos a presença da Abradt nas redes sociais. Agora, além do Site e da página no Facebook, inauguramos nossa conta no Instagram! O Instagram é a rede social que mais cresce em número de seguidores, e tem acolhido bem perfis institucionais, permitindo novas formas de divulgação, mais rápidas e dinâmicas.

Quem acompanhar nossa conta, ficará por dentro de tudo o que acontece na ABRADT. Desde o desenvolvimento de pesquisas e realização de reuniões até a divulgação e cobertura completa de eventos realizados por nós ou dos quais participamos

Com vinte anos de história, mudar e se atualizar é necessário para se manter na vanguarda, por isso convidamos a todos a nos seguir e acompanhar nossas publicações no Instagram: @abradtbrasil


Veja também:
XIX Congresso|Temas 1ºdia
Set 09, 2015

XIX Congresso|Temas 1ºdia

O XIX Congresso Internacional de Direito Tributário da Abradt é um grande evento que reúne dezenas de palestras, dividias em três dias completos de programação. Conheça os Grandes Temas do dia 23 de setembro.
Suspensa a alta do ISSQN
Set 12, 2014

Suspensa a alta do ISSQN

Igor Mauler Santiago, advogado e membro da comissão de direito Tributário da OAB Federal 4
Simples do advogado
Jan 20, 2015

Simples do advogado

Prazo para sociedades de advogados aderirem ao Simples é 30 de janeiro. Os que escolherem esse regime tributário farão o pagamento unificado de impostos federais, estaduais e municipais.
Valter Lobato é listado na Lacca
Jul 20, 2016

Valter Lobato é listado na Lacca

O Diretor Presidente da ABRADT, Valter Lobato, é novamente listado na Lacca Approved 2017.
Artigo | Igor Mauler Santiago
Mar 18, 2015

Artigo | Igor Mauler Santiago

Confira o artigo do membro da diretoria ABRADT e da Comissão de Direito Tributário do Conselho Federal da OAB, Igor Mauler Santiago, publicado no Conjur nesta quarta-feira (18).
Investimento Start-ups
Dez 20, 2014

Investimento Start-ups

Para apoiar o desenvolvimento das chamadas start-ups, a Comissão de CCT aprovou projeto que permite a dedução de valores investidos nesses empreendimentos da base de cálculo do IPRF.