Notícias

Jun 21, 2016

Igor Mauler fala com a Folha de PE

O diretor da ABRAT Igor Mauler Santiago concedeu entrevista ao Jornal Folha de Pernambuco, em notícia sobre a possível redução dos incentivos fiscais concedidos à Refinaria Abreu de Lima, em Suape.

logo-folhape-vers-terra

Rnest pode perder benefício

Projeto de Lei quer reduzir crédito presumido do ICMS nas saídas de Coque e Nafta.

Por Mariana Correia

A queda da arrecadação fiscal fez o Estado voltar atrás nos benefícios fiscais à Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Suape. O governador Paulo Câmara encaminhou um Projeto de Lei (n° 871) à Assembleia Legislativa, para alterar as condições da concessão de crédito presumido do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas saídas de coque e de nafta – dois produtos do refino do petróleo.

Se aprovado, o projeto reduz dos 8% e 9% concedidos desde 2011, para 5,4%, a partir de 1° de julho deste ano, a base de cálculo do crédito presumido – que funciona como um valor que pode ser abatido do cálculo do imposto devido. O percentual valeria até 31 de dezembro de 2019. Após essa data, o novo percentual seria de 4,8%, até 31 de dezembro de 2026.

No texto, o governador justifica a medida pela “imperiosa necessidade de readequação dos benefícios fiscais vigentes, ante o atual cenário de crise econômica enfrentada pelo País, cujo principal reflexo é a diminuição da arrecadação de tributos pelos Estados.” Em contrapartida, o fisco estadual ampliaria o prazo de validade do benefício, que venceria em 2020, por mais seis anos, até 2026.
A Secretaria da Fazenda não comentou qual será o impacto de uma provável aprovação da matéria nas contas estaduais. Nem a Petrobras comentou a proposta. Contudo, o especialista em tributação e Membro da Comissão de Direito Tributário do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Igor Mauler Santiago, diz que a medida deve impactar os custos da planta de refino.

“Será preciso rever custos de produção e/ou preços dos produtos para se adequar à nova realidade”, disse, considerando o momento pouco propício para esse tipo de mudança, ante ao quadro de desequilíbrio econômico da estatal.

Ele esclareceu que, como o crédito anterior não estabelecia condições a serem cumpridas – como gerar uma quantidade determinada de empregos ou de investimentos – não haveria impedimento legal para a redução proposta.

A política de concessão de benefícios fiscais foi uma das principais ferramentas para atrair grandes empreendimentos ao Estado, entre eles a própria Refinaria. Em maio passado, contudo, o Governo do Estado revisou as condições de benefícios para mais de mil indústrias.

Atualmente, apenas o primeiro conjunto de refino da Rnest (Trem 1) está em operação, após mais de dez anos de obras. O empreendimento, cujo custo já supera os US$ 18 bilhões, se tornou um principais símbolos dos esquemas de corrupção da Petrobras, afundado em superfaturamento de contratos.


Veja também:
20 anos de Congresso: linha do tempo
Jul 25, 2016

20 anos de Congresso: linha do tempo

O Congresso Internacional de Direito Tributário da ABRADT chega à sua 20ª edição neste ano. Confira nossa retrospectiva de como foram essas duas décadas.
XX Congresso da ABRADT é sucesso
Set 26, 2016

XX Congresso da ABRADT é sucesso

A palavra “sucesso”, aqui tomada como resultado feliz, êxito, define o XX Congresso Internacional de Direito Tributário da ABRADT. Foram três dias de intensos debates que vão deixar saudade! Entre os dias 14 e 16 de setembro circularam no The One Business, em Belo Horizonte, mais de 700 pessoas. O evento, que teve como tema […]
ABRADT realiza sorteio em fanpage
Jun 11, 2015

ABRADT realiza sorteio em fanpage

ABRADT vai sortear no dia 18 de junho dois livros sobre Direito Tributário, entre os seus associados. As obras têm a coordenação da especialista em Direito Tributário, Misabel Abreu Machado Derzi. Participe!
Entrevista André Mendes
Mai 25, 2016

Entrevista André Mendes

O site JOTA, abrigado no portal UOL, publicou, na seção Livros, entrevista com o diretor André Mendes Moreira, sobre o livro “A tributação dos Serviços de Comunicação”, que foi lançado na última terça-feira, 24/05, em São Paulo.
Último dia do Congresso
Nov 07, 2014

Último dia do Congresso

Confira tudo que aconteceu durante o terceiro e último dia do XVIII Congresso Internacional de Direito Tributário.
Valter Lobato é listado na Lacca
Jul 20, 2016

Valter Lobato é listado na Lacca

O Diretor Presidente da ABRADT, Valter Lobato, é novamente listado na Lacca Approved 2017.